19/11/2018

Postais de Natal com raposa




Do blog parceiro (Inkscapes) uma série de três postais de Natal.
Utilização livre, solicitando-se a referência à fonte.

14/11/2018

Ornamento de Natal - 14112018

Do blog parceiro (Inkscapes), ornamento de Natal com fundo transparente, adequado para personalizar cartões ou postais de Natal.
Utilização livre, solicitando-se a referência à fonte.

Christmas ornament with transparent background, suitable for customizing Christmas cards or postcards. Free use, requesting reference to the source.

12/11/2018

Postais de Natal - 121120181





Do nosso blog parceiro (Inkscapes), um conjunto de quatro molduras com fundo transparente para personalizar postais de Natal. Utilização livre em contexto pessoal, com obrigatoriedade de referência à fonte. Para tamanhos mais generosos é pedir por email.

07/11/2018

Fósforos "Castelo"


Novamente a publicidade aos fósforos da Fosforeira Portuguesa - Espinho. Desta feita com a etiqueta "Castelo". Publicidade de 1945.

- Tópicos mais ou menos relacionados: LINK

23/10/2018

Brilhantina REFLEXA


Cartaz publicitário à brilhantina "REFLEXA". Publicado numa revista da época, em 1943.

Muito na moda por esses tempos, sobretudo nos anos 40 e 50 e até aproximadamente à década de 1970, a brilhantina caiu muito em desuso e apenas teve uma espécie de ressurgimento há uma dezena de anos com produtos algo similares mas diferentes como a mousse e gel fixador, mas aparentemente voltou à estaca zero. Talvez daqui a mais alguns anos a moda volte. 
A brilhantina era ao fim-e-ao-cabo uma pomada composta essencialmente por parafina líquida, vaselina e óleos minerais, que servia para modelar o cabelo e dar-lhe um aspecto brilhante.

Quanto à Zinália, a perfumaria que então a comercializava ( e produzia?), com sede na Rua Augusta em Lisboa, parece que ainda existe e terá sido fundada nos anos 30 por António Ferreira Pinto.  Também  existe  uma outra nas Caldas da Rainha fundada igualmente pelo António Ferreira Pinto e um farmacêutico das Caldas, Custódio Maldonado Freitas.

22/10/2018

Miúdos - Fósforos graúdos


Como não há duas sem três...continuamos com a série de cartazes publicitários aos fósforos, esses pequenos e importantes objectos noutros tempos, mesmo ainda hoje. Desta feita o destaque aos "Miúdos", da Fosforeira Portugesa, de Espinho. Reclame de 1949.
Já anteriormente tinha aqui feito uma referência à etiqueta.

- Tópicos mais ou menos relacionados.

TALVEZ QUEIRA REVER