24/08/2008

Love is - Amor é...

 

love is_santa nostalgia_03

love is_santa nostalgia_02

love is_santa nostalgia_02

love is_santa nostalgia_003

love is_santa nostalgia_002

love is_santa nostalgia_001

Caderneta de cromos "Love is..."

Editora: Cromosol/SL Italy

Ano da edição: 1995

Formato: 200 x 262 mm (larg. x alt.)

Nº de páginas: 42 - Nº de cromos: 120

 

Love is... é uma série de desenhos, com quadros únicos e sem sequência, criada em 1960, na Nova Zelândia, pela artista Kim Grove. As primeiras criações foram produziadas pela artista como recadinhos de amor para o seu futuro marido Roberto Casali. Kim faleceu em 1997 e a série tem sido continuada pelo seu filho Stefano Casali, mantendo este a assinatura da mãe. Fundou também a empresa Minikim Caribbean N.V. que detem todos os direitos ligados à série.

A série gira em torno de um casalinho, ele de cabelo preto e ela de cabelo louro, comprido, quase sempre representados nús mas sem sexo, e em diversas situações e cenas do dia-a-dia a dois, onde tudo é aproveitado como mensagem e apologia do amor. Os personagens não têm nome e aparecem quase sempre em conjunto mas também sozinhos.

Por isso cada quadro principia por Love is... seguido da mensagem. As mensagens em si são muito simples, banais até, sem qualquer preocupação ou mensagem secundária, como seja o humor, crítica social ou carga erótica, embora os quadros do filho da criadora tenham mensagens um pouco mais substancias, nomeademnte relacionadas com as preocupações ambientais. Acima de tudo, os quadros e as mensagens valem pelo lado pitoresco, simpático e ternurento, adjectivos tão caros ao lado romântico das pessoas, de modo especial das mulheres, junto das quais a série tem mais aceitação.

Em Portual a série é conhecida como Amor é... ou até mesmo Amar é... em Espanha, Amor es...

O primeiro quadro foi publicado em 1972, com o título: Amor é...sermos capazes de dizer que estamos arrependidos.

A simplicidade dos desenhos e a simpatia que provocam, fizeram desta série um autêntico êxito, publicado em todo o mundo, nos mais variados suportes, incluindo esta caderneta que damos a conhecer. Tornou-se muito popular sobretudo em cartões de lembranças e parabéns, em papel de carta e até mesmo em autocolantes. Recordo-me ser muito vulgar ver estes autocolantes nos vidros de muitos automóveis da altura.

Quanto à caderneta em concreto, foi publicada pela parceria das editoras espanhola Cromosol e italiana SL Italy. A caderneta é composta por várias secções, com os títulos em espanhol e em português, tais como Amor e Beleza, Amor e Moda, Amor e Cartas, Amor e Telefone, Amor e Brigas, Amor e Presentes, Amor e Casa, Amor e Família, Amor e Estudo, Amor e Trabalho, Amor e Música, Amor e Dança, Amor e Desporto, Amor e Ecologia, Amor e Clima, Amor e Férias, Amor e Viagens, e finalmente Amor e Tempo. Em suma, o amor presnete em todo o lado e em todas as circunstãncias.

Para além dos cromos, a caderneta contém espaços interactivos tais como passatempos, locais para escrever, desenhar e colar fotografias.

Ainda voltaremos a falar esta série.

love is_santa nostalgia_004

4 comentários:

  1. Fantástico! Lembro-me perfeitamente disto. Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. Um máximo estas figuras! Lembro-me bem de os ver por cá quando era pequena...
    Será que ainda os podemos arranjar?

    ResponderEliminar
  3. adquiri uma caderneta de cromos completa! Linda!

    ResponderEliminar
  4. fiz essa colecção nos anos 70. Ainda a guardo como recordação. Ás vezes, quando a nostalgia me invade, não resisto e vou reve-la, pagina a pagina!

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: