26/09/2008

Qual é a coisa, qual é ela? - Adivinhas

 

image

image

As adivinhas sempre exerceram um fascínio particular, tanto entre crianças como nos próprios adultos.
No meu tempo de criança, eram muito utilizadas e faziam parte dos serões da aldeia, questionadas e adivinhadas junto à lareira, após o jantar, como passatempo das longas noites de Inverno.
Particularmente, aprendi de minha bisavó materna uma série delas que, talvez pela sua simplicidade, nunca mais esqueci. Recordo que tanto eu como os meus irmãos estávamos sempre a importuná-la pendindo-lhe que nos ensinasse novas adivinhas. Com paciência e sabedoria, tal como uma côdea na algibeira, tinha sempre uma nova para ensinar.
Hoje em dia as adivinhas perderam muita da sua importância e são poucas as crianças que despertam a curiosidade por estes enigmas decorrentes da sabedoria popular. Esporadicamente são ensinadas por algumas avós, mas muito raramente pelos pais, num sinal claro que tende a perder-se a sua importância e a sua transmissão pela via oral.
Apesar disso, as adivinhas estão bem catalogadas e até há sítios onde são devidamente divulgadas, como é o caso do Citador, que possui uma boa colecção.
Mas que sabe bem recordar, sabe.

Aqui ficam algumas das adivinhas que aprendi com a minha bisavó, correspondendo simultaneamente a algumas das mais populares, como seria natural:

1
Qual é a coisa, qual é ela:
- Uma casa tem doze meninas,
Cada uma com quatro quartos,
todas elas usam meias,
mas nenhuma rompe sapatos.

2
Qual é a coisa, qual é ela:
- Altos castelos, verdes e amarelos?

3
Qual é a coisa, qual é ela:
- Verde foi meu nascimento,
e de luto me vesti,
para dar a luz ao mundo,
mil tormentos padeci?

4
Qual é a coisa, qual é ela:
- Negros são meus trajes,
duro é o meu coração;
com as gotas do meu sangue
as trevas fugindo vão.

5
Qual é a coisa, qual é ela:
- Uma senhorinha muito ensonhorada,
nunca saí à rua mas anda sempre molhada?

6
Qual é a coisa, qual é ela:
- Que mal chega a casa
põe-se logo à janela?

7
Qual é a coisa, qual é ela:
- Uma árvore com doze raminhos,
cada raminho com seu ninho,
cada ninho com trinta pássarinhos?

8
Qual é a coisa, qual é ela:
- Sete filhos tem uma dama,
deles, seis trabalham com labor,
de manhã até à noite,
reza o sétimo ao senhor.

9
Qual é a coisa, qual é ela:
- Tenho um tio que é meu tio;
o meu tio tem um irmão;
o meu tio é meu tio;
e o irmão do meu tio não?

10
Qual é a coisa, qual é ela:
- À meia-noite se levanta o francês,
sabe das horas mas não sabe do mês,
usa esporas e não é cavaleiro,
tem serra mas não é carpinteiro,
usa picão mas não é pedreiro,
cava no chão e não acha dinheiro.

11
Qual é a coisa, qual é ela:
-Alto está, alto mora,
todos o vêem, mas ninguém o adora?

12
Qual é a coisa, qual é ela:
- Do tamanho de uma pulga,
Deita orelhas como uma burra?

13
Qual é a coisa, qual é ela:
-Pequenina como abelha,
enche a casa até à telha?

14
Qual é a coisa, qual é ela:
- Tem dentes mas não come,
tem barbas e não é homem?

15
Qual é a coisa, qual é ela:
- Sou ave, mas sem penas,
e capa de ovelha me cobre;
sou criada numa árvore,
Coitadinha, sou tão pobre?

16
Qual é a coisa, qual é ela:
- Nasci em verdes campos,
Vestidas por verdes laços,
Quem mais chora por mim,
É quem me faz em pedaços.

17
Qual é a coisa, qual é ela:
- Dentes de pau,
no chão se arreda,
por fora é mau,
por dentro é seda?

SOLUÇÔES:

1
R: Relógio e as horas

2
R: Laranjeira

3
R: Azeitona

4
R: Azeitona

5
R: Língua

6
R: Botão

7
R: Ano

8
R: Dias da semana

9
R: Pai

10
R: Galo

11
R: Sino na torre

12
R: semente de couve

13
R: Luz da candeia

14
R: Alho

15
R: Avelã

16
R: Cebola

17
R: Ouriço do castanheiro

3 comentários:

  1. algumas sao faceis

    ResponderEliminar
  2. qual é coisa qual é ela que caí ao chão e fica amarela?


    o ovo

    ResponderEliminar
  3. Tem perguntas de ficil

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: