29/10/2008

O Fugitivo - Série TV


image

image

“O Fugitivo” é uma série policial produzida nos anos sessenta, que narra a história de um médico, Dr. Richard Kimble, injustamente acusado do assassínio da sua mulher.
A sua única pista: um homem com um só braço. Um homem que só ele pode identificar.
Perseguido pelo impiedoso agente da polícia Philip Gerard, que acredita na culpabilidade de Kimble, este tem apenas um caminho para poder sobreviver: encontrar o homem que matou a sua mulher...
fonte: RTP Memória
Está a passar na RTP Memória a série "O Fugitivo", uma produção dos anos 60 e que entre nós obteve assinalável êxito quando passou na RTP no final dos anos sessenta. É agora uma excelente oportunidade para rever.

"The Fugitive", no original, teve 120 episódios, tendo sido exibida nos Estados Unidos pela cadeia ABC, entre Setembro de 1963 e Agosto de 1967, ao longo de quatro temporadas. As primeiras três temporadas foram produzidas a preto-e-branco e a última a cores. Em Portugal, na RTP, passou totalmente a preot-e-branco. As principais figuras da séria: David Janssen, no papel do Dr. Richard Kimble e Barry Morse (que também participou na série Espaço 1999) no papel do tenente Philip Gerard, o implacável e persistente perseguidor do Dr. Kimble. Ainda Bill Raisch , no papel do assassino, Fred Johnson - O Homem com um só braço e Jacqueline Scott no papel de Taft. Ao longo dos muitos episódios, a série teve a participação especial e esporádica de muitos nomes prestigiados do cinema e televisão.
As série, devido ao seu êxito, viria a ter uma versão em filme, em 1993, com Harrison Ford no papel do Dr. Richard Kimble e em 2000 uma versão, em série, com Tim Daly no papel principal. Esta versão teve apenas uma temporada e foi exibida na CBS.
Pessoalmente recordo-me de assistir à maior parte da série. Penso que o seu excessivo número de episódios contribuiu para algum desligamento já que obrigava a uma rotina de acompanhamento muito semelhante às actuais novelas, para não se perder o fio à meada. No entanto, do que consigo recordar-me, muitos episódios tinham uma estrutura própria, quase independente, pelo que a sequência e interligação da trama e dos acontecimentos muitas vezes não era muito notória; isto é, mesmo que se perdessem alguns episódios não se perdia o essencial da história. Tal como as modernas novelas, os espectadores ansiavam pelo climax, pelo final.
Apesar de tudo, desse desligamento esporádico, a série "O Fugitivo" foi uma das mais marcantes da nossa televisão e como tal tinha que figurar muito justamente aqui nestas memórias e nostalgias.

3 comentários:

  1. De esa época era también "The Virginian", "O maioral", con James Drury

    ResponderEliminar
  2. Adorei esse blog...saudades....

    ResponderEliminar
  3. The Fugitive marcou muito a minha vida. Tinha eu na altura 6 anos mas recordo como familiares e amigos se deslocavam ao unico sitio na minha aldeia onde havia televisão para assistir e ver ver este filme - a Casa do Povo.
    Anos mais tarde, tive a oportunidade de ver na Tv2 a reposição dos episódios do "Fugitivo". Chorei a sua morte porque David Janssen era um ator com grande qualidade e interpretava Richard Kimble como ninguem o podia ter feito. Desde então, tenho pesquisado e procurado saber mais sobre este grande ator que desapareceu de entre nós demasiado cedo, vitima de um ataque cardiaco.
    Nostalgia... de tempos passados que não voltam mais... e choro...

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: