07/04/2009

Viagens pelos livros escolares - 3 - O alcaide do castelo de Faria

 

o alcaide do castelo de faria 01

o alcaide do castelo de faria 02

(clicar para ampliar)

 

O Alcaide do Castelo de Faria, é uma das inesquecíveis histórias que muitos portugueses aprenderam das páginas do livro de leitura da terceira classe, ao longo de mais de um década, entre finais dos anos 50 e até meados dos anos 70.
Simultaneamente, este é um episódio da nossa história, imortalizado pela pena de Alexandre Herculano, na sua obra "Lendas e Narrativas". Será, pois, uma lenda, como muitas que povoam a História de Portugal, mas certamente não andará longe da verdade.


O episódio demonstra o valor da fidelidade e da coragem, mesmo numa situação dramática e que, no caso, custou a vida a Nuno Gonçalves.

Hoje em dia, todos sabemos que alguns dos valores aprendidos e incutidos pelos antigos livros escolares, pelos nossos professores e em casa pelos nossos pais, são meros fantasmas de um tempo que já lá vai. Valores ou princípios de fidelidade, respeito e disciplina, entre outros, andam pelas ruas da amargura e nalguns casos até são considerados retrógados e conservadores.

A fidelidade vale o que vale, isto é, pouco ou nada, e nem sequer apenas num plano do casamento, mas em muitas outras situações. O respeito perdeu-se completamente, não só pelos outros, a começar pelos mais próximos, crianças e idosos, como por nós próprios. A disciplina, essa há muito que lhe fizeram o funeral e nem é bem vinda em qualquer sector da sociedade, incluindo a escola. Para o fomento da disciplina é necessária autoridade e esta sabemos que pouco importância já tem, sendo mesmo escassa a quem supostamente a deveria usar em benefício comum, ou seja, as forças de segurança.

Face a isto, este episódio do alcaide do castelo de Faria, como muitos outros que realçam velhos valores, morais e cívicos, soa-nos já a uma velharia, que ainda pode ser vista e apreciada mas inadequada ao uso para que foi concebida.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades!

 

*****SN*****

3 comentários:

  1. Los valores ¿desaparecieron?
    El antiespañolismo (anticastellanismo) ¿continúa?

    ResponderEliminar
  2. Nobre povo: Levantai hoje de novo o esplendor de Portugal!

    ResponderEliminar
  3. Portugal mejor país que españa (país de pandereta). Lo dice un español "envergonhado".........

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: