19/05/2009

Royco cup-a-soup – É do caneco…

 

caldos royco santa nostalgia 

Quem já não ouviu falar das sopas instantâneas Royco? E Royco cup-a-soup? Creio que muita gente, até porque o vídeo publcitário ao produto, com o inconfundível Nuno Melo, tornou-se muito popular há uns anos atrás quando passou frequentemente na televisão.

É certo, porém que a marca e o produto Royco, são bem mais antigos, com origem no princípio dos anos 50, em França, então apenas com sabor a galinha. Mais tarde foi alargando o leque de sabores, como carne de vaca e legumes e também sabores exôticos, característicos de países asiáticos, como a Índia. O conceito de então era o mesmo dos nossos dias, ou seja, sopas instantâneas a que basta juntar água e mexer.

Não creio que entre nós se tenha tornado num produto muito popular, até porque quase não se vê nas prateleiras dos hipermercados mas há países que são fortes consumidores deste tipo de comida prática e rápida, nomeadamente os Estados Unidos.

Veja-se que no cartaz publicitário de cima, de meados dos anos 60, os caldos Royco eram apresentados como saborosos e ideais para começo de refeições.

A Royco, com predominância no mercado de França, Holanda e Bélgica, actualmente pertence à empresa Campbell´s Soup Company, multinacional norte-americana, fundada em 1869 por Joseph Campbell, vendedor do frutas e Abrahan Anderson, fabricante de latas, então com a designação de Joseph A. Campbell Preserve Company. Os objectivos iniciais da empresa passavam por enlatar tomates e vegetais e outros condimentos. Só em 1895, altura em que a estrutura inicial da empresa já tinha sido alterada, é que foi introduzida a famosa sopa pronta, à base de tomate. Este produto rapidamente tornou-se popular e no início do séc. XX a empresa já disponibilizava comercialmente vários tipos de sopas.

Com o fornecimento de sopas enlatadas às tropas  americanas na I Grande Guerra, os produtos da empresa afirmaram-se definitivamente, pela sua qualidade nutritiva e pela facilidade na logística de transporte, conservação, distribuição e preparação.

Como é natural, os processos de fabrico e marketing foram evoluindo ao longo dos tempos e a empresa foi-se expandindo, adquirindo outras empresas e produtos similares e actualmente mantém uma presença em mais de uma centena de países, empregando quase 20000 funcionários.

Royco cup-a-soup. É do caneco…

http://www.campbellsoup.com/

Campbell´s na Wikipedia

 

*****SN*****

2 comentários:

  1. Mejor un caldo verde casero......

    ResponderEliminar
  2. roicocâpasoupe!!


    chorei a rir de recordar...Obrigada!


    mariaprof

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: