29/10/2009

As aventuras de Robin Hood - Repost


advs55titlea
rgreene
greeneduncan2a
driscollmarian1a
greenederwenta

Uma das séries de TV que mais recordações me deixou, enquanto criança, foi sem dúvida As Aventuras de Robin Hood, no original The Adventures of Robin Hood, entre nós conhecido como Robin dos Bosques.

A série é de origem inglesa, produzida nos anos 50 pela ITV. Desenrolou-se ao longo de quatro temporadas, com um total de 143 episódios.
Na ITV foi para o ar entre 1955 e 1960 e quase em simultâneo na CBS americana entre 1955 e 1959.

Na RTP, passou a preto-e-branco, no final dos anos 60. Recordo-me que durante muito tempo era exibida aos domingos, por volta das 13:30 horas. Este horário era complicado para mim e para os meus colegas, pois o seu final (cada episódio demorava cerca de 25/30 minutos) coincidia sensivelmente com o início da aula de catequese. Por isso, não raras vezes, chegávamos ligeiramente atrasados mesmo depois de uma valente corrida (a igreja ficava distanciada de casa cerca de 1Km). Escusado será dizer que esta série era motivo de inspiração para muitas das nossas brincadeiras.

O papel principal, de Robin Hood, era protagonizado pelo actor Richard Green. Alguns dos personagens principais, como Lady Marian, João Pequeno e Will Scarlet foram, ao longo das quatro temporadas, interpretados por diferentes actores.
A trama dos episódios decorria dentro da história e lenda atribuída a Robin Hood, ou Robin dos Bosques, suficientemente conhecida de todos já que é um dos heróis mais conhecidos e popularizados, tanto na televisão como no cinema, na literatura e banda desenhada.
No entanto, relembra-se que a história decorre na Inglaterra, na Idade Média, ao tempo do reinado do Rei Ricardo. Este encontra-se ausente em combate nas Cruzadas, pelo que em seu lugar fica a reinar o Príncipe João. Este governa com impiedosa mão-de-ferro, tendo em conta apenas o seu interesse e dos seus correligionários, nomeadamente o Sheriff of Nottingham, com quem Robin luta constantemente, impondo ao povo elevados impostos.
Para combater esta injustiça e crueldade do substituto do rei e do Sheriff de Nottingham , Robin Hood lidera um famoso bando de foras-da-lei, escondidos na impenetrável floresta de Sherwodd, roubando aos ricos, quase sempre ao rei e seus comparsas, para distribuir pelos pobres e desfavorecidos.

Robin Hood conta com grandes companheiros de luta, tal como o forte João Pequeno, o glutão Frei Tuck, Will Scarlet, entre outros. Depois, em cada episódio, o namoro e romance de Robin Hood com a bela Lady Marian é tónica presente e quase sempre motivo de encrencas para Robin e seu bando.
Cada episódio está recheado de perseguições a cavalo, lutas entre Saxões e Normandos, lutas com escudo e espada, torneios com arco e flechas, visitas ao castelo, e todo um conjunto de situações características desse tempo da Idade Média.
Soube bem recordar esta série de televisão.

- Tema de abertura no Youtube: link

Consulte dois excelentes sítios sobre esta série, de onde extraímos algumas fotos:

 URL1;  URL2

5 comentários:

  1. Ainda hoje sei a canção do genérico!

    Por acaso o «Santa» não tem recordações de uma série que em Português se chamava «Sílvia dos 3 Ulmeiros»?
    Não me recordo da história, nem muito menos do título em Inglês, mas ficou-me uma recordação gostosa desta série da minha infância, e não consigo encontrar nada sobre ela...

    ResponderEliminar
  2. Eu não tinha esse problema. Nunca fui á catequese. Mas é bom recordar o que nos enformou. Obrigado.

    ResponderEliminar
  3. Nos anos 70 havia uma série (talvez de origem alemã) sobre as aventuras do George, um cão S. Bernardo nos Pirinéus, será que era possível localizar essa série?

    ResponderEliminar
  4. Caro anónimo.

    deve referir-se à série "George", onde entrava o popular Marshall Thompson.

    veja aqui:
    http://en.wikipedia.org/wiki/George_(TV_series)

    A imagem:
    http://www.briansdriveintheater.com/horror/marshallthompson/marshallthompson13.jpg

    http://www.ofdb.de/film/137258,Alles-wegen-George


    Espero ter ajudado

    ResponderEliminar
  5. Felizmente tinha catequese ao Sábado à tarde e nunca perdia um episódio do Robin dos Bosques. Lembro-me também de uma outra série que para mim era imperdível a Lassie. Era rara a série que não ficava com um nó na garganta, por vezes rolava mesmo uma lágrima.

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: