25/10/2009

Novo Estádio da Luz – 6 anos de vida

 

Completam-se hoje seis anos sobre a inauguração do novo Estádio da Luz, campo de jogos do S.L. e Benfica, em Lisboa.

Foi no dia  25 de Outubro de 2003, e a inauguração foi selada com a disputa de um jogo de carácter amigável entre a equipa da casa e o Nacional de Montevideo, do Uruguai, jogo esse que o Benfica venceu por 2-1, com o primeiro golo a ser marcado por Nuno Gomes (que também marcou o segundo), ficando dessa forma ligado à História deste emblemático palco de jogos. Já o primeiro jogo oficial decorreu contra  a equipa do Beira-Mar, que terminou com 3-1 a favor da equipa encarnada.

O novo Estádio da Luz foi um dos vários que foram construídos de raíz para o Euro 2004, organizado por Portugal. Foi uma oportunidade única para alguns dos palcos do futebol nacional entrarem na era da modernidade, sendo demolidos ou requalificados os velhos estádios, impregnados de História e histórias mas obsoletos, sem conforto e segurança. É certo que alguns desses estádios são hoje uns grandes “elefantes brancos”, sem equipas residentes à altura de um adequada dinamização e rentabilidade. O estádio do Benfica, assim como os do Porto e do Sporting são os que registam melhores médias de assistência, o que de resto é compreensível.

 

estadio da luz benfica

Pessoalmente tenho mais recordações ligadas ao antigo estádio onde assisti a vários jogos, nomeadamente quando estive pelos lados de Lisboa durante o serviço militar. Por lá vi equipas fantásticas que ajudaram a conquistar alguns dos títulos da década de 80 (5 para o Benfica, 4 para o FC Porto e 2 para o Sporting).

Como memória dos bons velhos tempos do antigo estádio da Luz, deixo aqui uma das boas equipas, não dos anos 80, mas dos anos 70, precisamente a que disputou a final da Taça de Portugal em 1971, frente ao Sporting, onde perdemos por 4-1. Na época seguinte reencontraram-se os mesmos finalistas, com o Benfica a vencer dessa feita por 3-2, depois de ter vencido na meia final o FC Porto por um concludente 6-0.

Formação: Em cima da esquerda para a direita: Jimmy Hagan (treinador), Zeca, Adolfo, Matine, Humberto Coelho, Américo Tomás (então presidente da República), Malta da Silva e José Henrique; Em baixo, da esquerda para a direita: Jaime Graça, Néné, Artur Jorge, Eusébio e Simões. Não me enganei em algum nome? De repente fiquei com algumas dúvidas em relação ao Adolfo.

 

sport lisboa e benfica 1971 santa nostalgia

(clicar na imagem para ampliar)

*

*

*

3 comentários:

  1. Caro e prezado bloguista! Está tudo certo. O Adolfo é mesmo aquele que assinalou. António de Oliveira.

    ResponderEliminar
  2. A destruição do Estádio da Luz foi um atentado ao patrimonio nacional infelizmente. O 2º maior estádio da Europa, 3º do mundo.

    Enfim...

    ResponderEliminar
  3. O resultado do 1º jogo Oficial está incorrecto..... Infelizmente. O SLB perdeu o jogo com o Beira-mar por 1-2.

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: