09/10/2009

O coelhinho branco – Livro de leitura da segunda classe

 

o coelhinho branco sn01

o coelhinho branco sn02

(clicar nas imagens para ampliar)

 

Hoje damos à estampa uma das belas histórias que povoavam o livro de leitura da segunda classe. É a lição de “O coelhinho branco”, ilustrada pela Maria Keil.

É a história de um coelhinho branco que regressando a casa a vê ocupada pela malvada cabra cabrês. Uma vez que a mesma se recusa a saír dali, o coelhinho vai pedir ajuda a vários amigos animais mas todos eles se mostram medrosos para com a cabra cabrês. Apenas consegue a ajuda da pequena formiga rabiga que, improvavelmente, aceita o desafio de expulsar a cabra cabrês.

Esta era uma das lições que agradavam e durante muito tempo foi sabida de cor-e-salteado. Como muitas outras, estas lições escolares estavam profusamente ilustradas o que despertava o fascínio e imaginação das crianças. À custa dessas fantásticas ilustrações dos meus livros da escola primária, aprendi a desenhar e hoje consideram-me com algum jeito para o mesmo o que por vezes se torna útil na ilustração de alguns artigos.

Ainda hoje a ilustração continua a ser parte fundamental dos livros infantis, nomeadamente os livros dos primeiros anos de escolaridade.  Noutros tempos, os livros foram ilustrados por grandes mestres, como António Carneiro, Raquel Roque Gameiro, Laura Costa, Emmerico, Maria Keil, Luis Filipe de Abreu, Eugénio Silva, Zé Manel, etc. Todavia, as tendências e estilos da moderna ilustração têm caminhado num sentido de excessiva deturpação  da figura humana e mesmo do mundo animal, pelo que por vezes não passam de autênticas aberrações, autênticos marcianos. É certo que o mundo das crianças ainda está envolto em imaginação e fantasia e a ilustração procura reflectir esse imaginário, mas considero que a deturpação exagerada não favorece a sua leitura e interpretação. Penso, assim, que existe ilustração infantil mas apenas acessível a adultos. No entanto, entre algumas aberrações e estilos demasiado rígidos, actualmente existem muitos e bons ilustradores portugueses.

 

*

*

*

2 comentários:

  1. Em busca da história "O coelhinho branco" aqui vim parar e foi bonito relembrar a infância e rever imagens que fazem parte dela.

    Obrigada pelo momento

    Educadora Susana

    ResponderEliminar
  2. Muito interessante esse ponto de vista. E saber que essas histórias infantis realmente marcam a vida da pessoa. Muitos não dão valor a isso, mas são uma chave importante de nossa própria vida.
    Outro dia esse assunto surgiu na faculdade, e achei muito interessante...

    Não conhecia essa história,
    Fui procurar o coelho da Alice e encontrei esse.
    Muito bom!

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: