15/01/2010

Cromos Super – Caderneta de cromos de futebol – Época 76/77

 

 

Hoje trago à memória uma caderneta de cromos de futebol, a "Cromos Super", uma edição da editora Fonseca & Sequeira, L.da, de Lisboa, referente à época futebolística de 76/77.
Trata-se de uma colecção de 192 cromos, referentes a 16 equipas, correspondendo a cada uma delas 12 cromos (11 jogadores e o emblema). A cada página da caderneta corresponde uma equipa.
Equipas representadas: Benfica, Sporting, FC Porto, Belenenses, Boavista, setúbal, Guimarães, Varzim, Leixões, Estoril, Braga, Académica, Beira Mar, Atlético, Portimonense, Montijo.


Pela época e pelas características gráficas, esta é uma das cadernetas consideradas de transição, isto é, de um período marcado pelos abandono dos cromos de caramelos e generalização para os cromos em envelopes surpresa.


Tal como era norma das cadernetas dos caramelos, esta colecção também oferecia diversos brindes cujas senhas de acesso eram distribuídas aleatoriamente nos envelopes que continham os cromos.
A exemplo dos característicos cromos de caramelos, o esquema e a qualidade gráfica são bastante insipientes e mesmo a opção da cor utilizada nas margens de cada cromo, um cinzento incaracterístico, não é o mais apelativo, mesmo no resultado global por página. Em contradição, o grafismo da capa é relativamente interessante, com um apelativo contraste de cores, mas com um desenho de dois jogadores em acção, anatomicamente desproporcionados.
Mesmo assim, esta é uma caderneta relativamente rara e por isso com um valor algo elevado entre os coleccionadores. O exemplar que disponho está incompleto e faltam vários cromos, bastante difíceis de obter.


A título de curiosidade, a época de 77/78 foi vencida pelo F.C. do Porto, com 51 pontos, seguido do Benfica, com os mesmos 51 pontos e pelo Sporting, com 42 pontos. Esta vitória do F.C. do Porto, então treinado pelo recentemente lembrado José Maria Pedroto, a propósito dos 25  anos apoós o seu falecimento (7 de Janeiro de 1985), tornou-se famosa por ter decorrido 18 anos após a conquista do anterior campeonato, em 58/59. De recordar que também venceria o campeonato da época seguinte (78/79).

 

cromos super capa sn1

cromos super braga sn1

cromos super cromo2 sn1

cromos super cromo3 sn1

cromos super cromo1 sn1

*

*

*

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: