16/05/2010

Sebenta

 
Já temos aqui falado dos cadernos escolares, esses auxiliares da nossa aprendizagem na escola primária,  mas certamente voltaremos ao assunto.
Hoje, porém, quero trazer à memória a velha Sebenta, no fundo, um artigo complementar aos cadernos escolares, mas uma espécie de pau-para-toda-a-colher. As suas folhas, de um papel mais ordinário e lisas, permitiam qualquer tipo de apontamentos, desenhos ou exercíos e, porque mais volumosas, tinha mais durabilidade.
Creio que não há quem não tenha passado pela escola primária, há mais ou menos tempo, que não tenha memórias das suas sebentas. Pessoalmente tenho alguns exemplares ainda virgens, mas recordo-me de várias, e esta recordação prende-se, naturalmente, com a ilustração da capa. Para além de tudo, jamais esquecerei a brincadeira à volta da sebenta, desde logo os diversos jogos de palavras à volta do nome. Por exemplo: Se És Bom Estudante Não Tires Apontamentos. Veja-se que as iniciais usadas correspondem a SEBENTA. Outra, menos conhecida: Se És Bonita E Namoras Tens Amor. Outra ainda: Se És Burro Estudante Não Terás Amanhã. Esta última dizía-nos a professora.
sebenta

- Tópicos relacionados, ou não:
caderno escolar – Pêbêcê – Anos 40
Caderno escolar Scotch
Caderno escolar - João de Deus
Cadernos escolares - A família Pituxa
cadernos escolares – Castelos
Dia Nacional dos Castelos

2 comentários:

  1. O exemplar de sebenta de que guardo mais recordações era aquele em cuja capa aparecia um estudante conimbricense, por sinal com um ar muito soturno.

    ResponderEliminar
  2. SEBENTA: Se És Bom Estudante Não Te Atrapalhes; era assim que se lia com as letras que formavam a palavra SEBENTA.

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: