21/07/2010

Colgate - Dentífrico

 

cogate sn01

Cartaz publicitário de 1961, apresentando o dentífrico Colgate, na altura do seu lançamento em Portugal. Esta marca, a par da Pepsodent, serão certamente as marcas mais populares e usadas pelos consumidores portugueses desde a sua introdução no nosso mercado.

Por essa altura recordo-me que aos poucos os dentífricos, vulgo pasta de dentes, começavam a fazar parte da higiene oral no quotidiano das pessoas o que até ali nem sempre acontecia nomeadamente em ambientes de aldeias interiores. É claro que, recorrendo-se a produtos naturais, existia sempre alguma higiene. Por exemplo, mesmo sem a popularidade dos dentífricos, frequentemente era usada cinza da lareira para esfregar os dentes, o que resultava muito bem pois a cinza é um abrasivo macio. Também se utilizavam certas plantas.

Por outro lado, sendo certo que a medicina dentária estava muito pouco implantada, e quando havia necessidade de extrair um dente por vezes era o barbeiro da aldeia a fazer o papel de carrasco, mas também é verdade que de um modo geral as pessoas tinham uma alimentação mais saudável, sem as lambarices modernas repletas de açúcar, e isso reflectia-se na saúde dos dentes. Pelo contrário, existindo hoje bons dentistas e gabinetes odontológicos quase em cada esquina, também é verdade que estão quase sempre repletos de pessoas com problemas diversos, sendo por isso actividades muito rentáveis.

 

A História da marca:

1783
Recuemos, então, até 1783, ano do nascimento de William Colgate.

Nessa época, o sabão era feito em casa e sê-lo-ia ainda durante bastante tempo. Mas, este jovem norte-americano tinha visão para o negócio e, em 1806, com apenas 23 anos, estabeleceu-se com um pequeno negócio de sabões, goma e velas, na ilha de Manhattan, em Nova Iorque. Decidido a fabricar e a comercializar artigos até então tradicionalmente feitos em casa, William apostou forte na grande qualidade e baixo preço do produto, fórmula certa para a conquista das consumidoras.

1817
Apercebendo-se da importância, cada vez maior, da publicidade, na comercialização dos produtos, cedo começou a sua propaganda em jornais e cartazes espalhados pelas ruas de Nova Iorque (1817).

1847
Devido à expansão do negócio, William mandou construir uma fábrica em Jersey City (1847), onde passaram a ser fabricados todos os produtos.

A morte de William Colgate, dez anos mais tarde, não afectou o negócio, passando a companhia a ser administrada por alguns dos seus familiares e associados.

1872 - 1898
Em 1872, foi lançado no mercado o sabonete "Cashmere Bouquet", o primeiro grande êxito comercial dos produtos Colgate, seguido, em 1873, pelo aromático creme dentífrico Colgate, embalado em boiões.
Em 1896, este creme dentrífico tornou-se no primeiro a ser embalado em tubos flexíveis, semelhantes aos actuais.
Nesse mesmo ano, foi estabelecido o primeiro laboratório de pesquisa Colgate.
Em 1898, foi introduzido no mercado o sabonete Palmolive (feito à base de óleos de oliva e palma), produzido pela B.J. Johnson Soap Company, mais tarde chamada Palmolive Company, devido ao êxito alcançado pelo sabonete do mesmo nome.

1913 - 1923
Em 1913, realizou-se a primeira exportação de sabão para Inglaterra, a partir da fábrica Colgate, em Toronto (Canadá). De tal forma a produção da companhia aumentou nos Estados Unidos, que se tornou necessária a construção de novas fábricas e a compra de outras, para remodelação.
Em 1923, foi construída uma fábrica em Sydney (Austrália).

1924
Em 1924, os produtos da Companhia foram, pela primeira vez, fabricados na Europa (Paris).

1928 - 1929
Em 1928 a Colgate Company associou-se à Palmolive Company. A fusão destas duas grandes companhias permitiu, não só, que ultrapassassem com sucesso a grande depressão económica de 1929, mas também que continuassem a sua expansão, contrariamente a grande quantidade de outras fábricas, obrigadas a fechar.

1937
Em 1937, foi iniciada a produção de detergentes.

1953 - 1956
Em 1953, a companhia adoptou o nome actual de Colgate Palmolive Company e, em 1956, mudou a sede para New York City.

1976
Em 1976, adquiriu a Hill's Pet Products, iniciando-se num ramo completamente novo: comida para animais de estimação.
A Companhia manteve sempre o mesmo ritmo, o que levou à continuação da aquisição de fábricas e marcas e ao lançamento no mercado de produtos cada vez mais dinâmicos, inovadores e competitivos.

Presentemente
Presentemente, a Colgate-Palmolive Company, produz e comercializa produtos que vão desde os de limpeza caseira (detergentes para a loiça e lava-tudo, lixívias, esfregões, detergentes para a roupa delicada, amaciadores, etc.), aos produtos de higiene pessoal e oral (sabonetes, gels de banho, shampoos, desodorizantes, pastas e escovas de dentes, linha para homem, etc.) e produtos para animais, tendo subsidiárias em cerca de 75 países, nos cinco continentes.

Produz detergentes para todo o tipo de lavagens, desde a vulgar barra de sabão das ilhas do Pacífico (onde a roupa ainda é lavada à mão nas águas do rio), aos amaciadores utilizados nas nossas máquinas de lavar e comercializa as suas marcas em mais de uma centena de países.

As fábricas, vão desde as instaladas na China e em África, onde a maior parte do trabalho efectuado é manual, até à moderna fábrica de Ohio, nos Estados Unidos, totalmente operada por computador.

A Colgate-Palmolive em Portugal

E depois desta viagem pela Colgate-Palmolive Internacional, chegou o momento de sabermos um pouco sobre a Colgate-Palmolive em Portugal.

1959
A Colgate-Palmolive inicia a sua actividade em Portugal com os dentífricos Colgate e os sabonetes e produtos para a barba Palmolive. A distribuição era subcontratada e o escritório comercial situava-se em Lisboa.

1961
É realizado um contrato com a SNS - Sociedade Nacional de Sabões, para a produção dos sabonetes Palmolive. O dentífrico Colgate e os produtos para a barba Palmolive são produzidos pela Colgate-Palmolive em linhas instaladas na antiga fábrica da SNS em Marvila.

Anos 60-70
O sucesso inicial foi tão grande, que permitiu o lançamento de novos produtos, com uma frequência quase anual: dentífrico Colgate (1961), creme de barbear Palmolive em bisnaga e sabonete Cadum(1962), pó de limpeza Ajax (1963), escova de dentes Colgate (1964), dentífrico Colgate Flúor e esfregão Bravo (1965), shampoo Palmolive (1967), after-shave Palmolive (1968), limpa-vidros Ajax (1970) e limpa-tudo Ajax (1971).

1972
É inaugurada uma fábrica em Queluz de Baixo, para onde passou a produção da maioria dos nossos produtos.

1976
Investimento numa moderna máquina de injecção de plásticos, para produção dos frascos, o que permitiu a integração vertical do nosso processo fabril.

1980
É inaugurada a nova sede da empresa, também em Queluz de Baixo. As instalações passam também a servir como centro de distribuição dos nossos produtos.

1973-1990
Lançamentos de novos produtos continuaram com o Soflan (1973), a espuma de barbear em aerosol Palmolive (1974), o dentífrico Dentagard e o creme amaciador Palmolive (1982), o dentífrico Colgate Gel (1984), o lava-tudo Fabuloso (1986) e o dentífrico Colgate Júnior (1989).

1990
Em 1990 a Colgate Palmolive adquiriu à Quimigal, S.A. o grupo Unisol , um dos maiores na área de produtos de consumo em Portugal.
A Unisol trouxe para a Colgate importantes marcas locais como o lava-loiça Super Pop, a lixívia Javisol, e os produtos de higiene pessoal Festa, Feno, Pigal e Vert Sauvage.

1990-1992
Concentração das operações fabris no Sobralinho em Vila Franca de Xira e das comerciais nos escritórios em Queluz de Baixo.
Profunda reestruturação fabril iniciando-se a produção centralizada de líquidos para Portugal e Espanha no Sobralinho, após o fecho das fábricas de Alovera em Espanha e Queluz de Baixo em Portugal.

1992-1993
Construção e início de funcionamento de um moderno armazém de distribuição semi automático e consequente centralização das operações de distribuição no Sobralinho.

 

[fonte]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: