15/11/2011

Já mexem os postais de Natal

 Estamos a meio deste mês de Novembro, o meu natalício, por isso ainda a cerca de mês e meio da grande data do mundo cristão que é o Natal, a 25 de Dezembro. No entanto, as grandes montras do consumismo, como a televisão, massacram-nos desde há algumas semanas, já com a data como motivo. Temos assim uma Popota, ainda gorducha, não a cantar canções suaves ao som de sininhos mas em ritmos alucinantes de lambada.

Esta já é uma velha discussão, a da antecipação do Natal, sempre na perspectiva consumista, desvanecendo-lhe o sentido, a cor e sabor tão característicos.
O certo é que a coisa tornou-se irreversível e já não há volta a dar. Esperemos pelo menos que esse pré-natal se fique pelos alvores de Novembro pois seria bem pior que recuasse para Outubro ou até Setembro.

Para além de tudo, para além da propaganda, que até se pode compreender, ainda temos que assistir às habituais guerrinhas publicitárias entre as principais marcas concorrentes nos diferentes sectores, tanto na distribuição, como nas comunicações, nas bebidas, etç, numa espécie de disputa do género "a minha pila é maior que a tua".
Neste particular, o sector das telecomunicações móveis é onde há mais estardalhaço, porque os consumidores, tão dados a estas coisas, ajudam a financiar essas batalhas.

Seja como for, já formatados por esta calendarização comercial, já é vulgar principiarmos os preparativos bem cedo, seja na compra dos presentes, cada vez mais difícil porque os tempos são de dura crise, seja em coisas mais simples mas porventura mas significativas, como é o caso dos postais de natal a enviar para as pessoas mais queridas, seja na forma clássica, em cartão e remetido em envelope pelo Correio, seja pela forma virtual pela Web.
Neste contexto, por esta altura, noutros anos temos editado e publicado os nossos proprios cartões. Assim, já o recomeçamos a fazer, publicando algumas simples produções próprias no sítio complementar, o "Santa Nostalgia Docs".

Aqui fica um dos exemplares que ali publicamos:

postais posta de natal sn_v2_1

- Clicar para ampliar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: