04/01/2012

Os Futebolistas e seus Autógrafos

 

 

caderneta_futebolistas_autografos_sn1

caderneta_futebolistas_autografos_sn2

caderneta_futebolistas_autografos_sn3

caderneta_futebolistas_autografos_sn4

caderneta_futebolistas_autografos_sn5

caderneta_futebolistas_autografos_nen_sn6

Já há bastante tempo que não recordo aqui as cadernetas de cromos de futebol, pelo que agora, a começar o ano, trago à memória umas das excelentes colecções produzidas nos anos 80. Trata-se da caderneta "Os Futebolistas e seus Autógrafos", da editora Francisco Más, L.da, referente à época futebolística de 82/83, portanto com quase trinta anos.


A caderneta tem um formato sensivelmente de tamanho A4. A colecção é composta por 272 cromos referentes às equipas do Sporting, Benfica, FC Porto, Vitória SC (Guimarães), Rio Ave, Portimonense, Sporting de Braga, Vitória FC (Setúbal), Boavista, SC Espinho, Amora FC, Estoril Praia, Varzim SC, Ginásio de Alcobaça, Marítimo, Salgueiros e FC Vizela. Cada equipa tem um total de 16 cromos, incluindo dois guarda-redes. O emblema de cada clube está estampado na página da própria caderneta. Cada cromo tem as dimensões de 46 x 86 mm, com fotografias em pose, a corpo inteiro, estampadas em papel brilhante.


Este alinhamento das equipas não deixa de ser curioso, sobretudo pela presença do FC Vizela, como a 17ª equipa (a 1ª Divisão então tinha 16 equipas). Na realidade o alinhamento diz respeito à classificação da época de 81/82, exceptuando as equipas do  FC Penafial, Académico de Viseu, Belenenses e União de Leiria, que nessa época desceram à divisão secundária, e incluindo os novos primo-divisionários Varzim, SC Espinho, CS Marítimo e Ginásio de Alcobaça.
A presença do FC Vizela é assim quase um enigma já que esta equipa integrou a 1ª Divisão apenas na época 84/85, na qual terminou em último lugar da tabela regressando à divisão inferior. Está aqui um mistério ou uma particularidade que seria interessante esclarecer.


Esta colecção é sem dúvida uma das melhores dos anos 80, tanto pela particularidade ou originalidade de em cada cromo comportar  a reprodução do autógrafo de cada futebolista, bem como pelo grafismo e pela qualidade gráfica em geral. Por conseguinte, é uma caderneta relativamente pouco abundante e muito valorizada no meio do coleccionismo de cromos. Completa e em bom estado, apesar do mercado em baixa, atinge facilmente os 100 euros mas já a vi transacionada por 150 euros.

Como seria de esperar, a colecção engloba os famosos futebolistas da época, como Bento, Humberto Coelho, Néné, Chalana (do benfica), Eurico, Inácio, Gomes, Costa, Jaime Pacheco (do FC Porto), Manuel Fernandes, Oliveira, Jordão (do Sporting), entre muitos outros, até jogadores mais ou menos conhecidos, mais ou menos desconhecidos, mas seguramente com nomes típicos do mundo do nosso futebol, como Carraça, Paquito e Barrinha (do V. Guimarães), N´Habola, Cabumba e Patriota (do Rio Ave), Borota e Roçadas (do Portimonense), Paris e Dito (do SC Braga), Trindade e Cerdeira (do V. Setúbal), Palhares, Bravo e Queiró (do Boavista), Vivas, Móia e Bábá (do Espinho), Botelho, Babalito, Caio Cambalhota, Canoa e Marlon (do Amora), Cansado, Vitinha e Manaca,  (do Estoril), Lito, Jarbas e Folha (do Varzim), Lelo, Cavungi, Modas e Russo (do Alcobaça), Olavo, Águas, Maravalhas, Marineu e Escurinho (do Marítimo), Barradas, Costeado, e Joy (do Salgueiros), Roque, Perrichon, Cartucho e Queimado (do Vizela).

 

- Outros tópicos mais ou menos relacionados.

1 comentário:

  1. Foi uma grande alegria ler este artigo! Há anos que re-encontrei em casa algumas dezenas de cromos desta colecção, mas desconhecia detalhes da que caderneta a que pertenciam. E pela data que mencionam eu teria 3 ou 4 anos quando saíram, portanto será das primeiras colecções de cromos que se fez cá em casa. Abraço, continuem o bom trabalho!

    David Martins
    http://enciclopediadecromos.blogspot.com

    ResponderEliminar

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: