20/07/2012

Memórias musicais - 1

 

Olhando para as minhas memórias dos anos 60 e 70, deixo abaixo uma lista, de muitas possíveis, de algumas das músicas que hoje à distância temporal considero emblemáticas.


Fosse porque eram demasiado populares e andavam na boca da rapaziada, passando com frequência na rádio e televisão, fosse porque os grupos e os cantores apareciam nas revistas, fosse porque passavam nos altifalantes das festas das aldeias ou nas aparelhagens e gira-discos nos bailaricos, fosse ainda porque estão associadas a momentos mais ou menos marcantes, a verdade é que sabe bem recordar estas preciosidades.

Sem nenhuma ordem de preferência especial, alfabética, cronológica ou de estilo, e não repetindo grupos ou cantores, aqui fica a primeira lista (ligando ao Youtube):

 

image

Los Bravos: Black is Black

Francoise Hardy: Tous les garcons et les filles

Procul Harum: A whiter shade of pale

The Monkees: I´m a believer

Giani Morandi: Non son degno di te

Nazareth: Love hurts

Rlling Stones: Angie

Pink Floyd: Shine On You Crazy Diamond

The Beatles: Help

The Archies: Sugar

The Eagles: Hotel Califórnia

Simon & Garfunkel: The Sound of Silence

Beach Boys: Surf in USA

Cat Stevens: Morning has broken

Demis Roussos: Forever and ever

Brotherhood of Man: Save Your Kisses for Me

Abba: Fernando

Creedence Clearwater Revival: Have you ever seen the rain?

Paulo de Carvalho: E depois do adeus

José Cid: Ontem, hoje e amanhã

Sérgio Godinho: Liberdade

Zeca Afonso: Vejam bem

Quarteto 1111: A lenda de el-rei D. Sebastião

Green Windows: No dia em que o rei fez anos

Os Sheiks: Missing You

Duo Ouro Negro: Amanhã

Roberto Carlos: Quero que vá tudo para o inferno

Hermes Aquino: Eu sou nuvem passageira

Art Sullivan: Jenny, Jenny Lady

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Talvez queira rever: