01/06/2018

Era uma vez...o Homem - Série de animação



Hoje trazemos à memória a série animada de televisão "Era uma vez... o Homem", do original francês "Il était une fois… l'homme".
Apesar de só agora lhe darmos destaque, poderia perfeitamente ser das primeiras evocações tal foi a sua importância e impacto que teve, tanto com entretenimento como momento de cultura e formação.
Embora o título o sugira, a série poderia perfeitamente designar-se de "História Universal". De facto é explicada a História mundial, desde os primeiros sinais da humanidade até aos dias da modernidade e mais além. Claro que, sendo em animação, foi concebida num registo ligeiro e com bastante humor, adequado ao gosto do público infanto-juvenil, a quem se direccionava, mas muito do agrado de outras idades.

A série, criada por Albert Barillé, foi produzida em França, pela Procidis, no ano de 1978, exibida pelo Canal France 3, com um total de 26 episódios de aproximadamente 30 minutos cada. Contou com a co-produção de vários canais europeus, nomeadamente a TVE de Espanha, RAI de Itália, mas ainda da Bélgica, Suiça, Holanda, Noruega, Suécia, mas também do Canadá e Japão.

 Por si só, o genérico de abertura, com o célebre tema musical da Tocata e Fuga em Ré Menor, BWV 565 de Johann Sebastian Bach, era todo ele um resumo da evolução do homem e da civilização.
Uma das particularidades da série era o facto de todos os episódios terem como elemento comum e caracterizador um grupo de personagens mais ou menos fixo, de que não faltavam os "maus da fita", estes sempre prontos a complicar as contas da História e da evolução da Humanidade. 

Em Portugal a série passou pela primeira vez na RTP logo após a sua produção, portanto ainda fresquinha, de 1978 a 1979, por isso exibida ainda na era do preto-e-branco. A exibição em Portugal era legendada, por isso  narrada em francês por Roger Carel. Em exibições posteriores a série foi dobrada para português.

Com a mesma filosofia e da mesma produção, foram realizados outros spin-offs, alguns dos quais também foram exibidos em Portugal nos anos seguintes, nomeadamente "Era uma vez...a Vida", esta essencialmente sobre o corpo humano, "Era uma vez...o Espaço" e ainda os Exploradores, o Planeta Terra, os Inventores e As Américas.
A série foi muito popular e não supreende que por isso tenha dado lugar a diversos sucedâneos, hoje ditos produtos de merchandising, incluindo livros, colecções de cromos, etc.

Hoje em dia creio que é possível adquirir a série em DVD ou mesmo visualizar os episódios disponíveis em canais como o Youtube, embora aqui com uma qualidade de imagem que deixa muito a desejar. Mas serve, sim, para matar saudades e rever, uma vez que os factos ensinados são intemporais.

Por tudo isto e mais alguns motivos, a série "Era uma vez... o Homem" foi sem dúvida uma das mais emblemáticas que passaram na nossa velhinha RTP e que de algum modo foram marcantes para quem por esses idos tempos do final da década de 70 era criança ou adolescente. Ainda hoje, pela sua actualidade e intemporalidade, sabe bem ver e rever.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

TALVEZ QUEIRA REVER