Beba vinho verde

 

vinho verde 

Talvez por, erradamente, ser considerado um parente pobre dos vinhos portugueses, o vinho verde, face ao vinho maduro, sempre teve necessidade de se reafirmar como uma opção de valor e de diferença positiva pelo que em diferentes tempos apostou na sua promoção e publicidade. É o caso do cartaz acima, do início dos anos 70, impresso numa revista conceituada na altura.

Esta situação ainda hoje acontece, embora o reconhecimento pela diferença e qualidade dos vinhos verdes seja já mais notória e global e por isso gozam merecidamente de prestígio nacional e internacional.

 

Popular:

Ai! Verdinho, meu verdinho
Esquecer-te não há maneira,

Escorrega devagarinho
Apaga-me esta fogueira.

Que importa o verde ser verde
Se nos faz cantar na rua,

Ai! Verdinho, meu verdinho
Não há cor igual à tua.

Comentários

  1. Não existe vinho maduro. Vinho verde é uma região como Douro, Alentejo ou Dão

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Os comentários estão sujeitos à prévia aprovação por parte do autor do blog.

Mensagens populares deste blogue

Una, duna, tena, catena...

A Comunhão Solene ou Profissão de Fé

Revista Novela Filme - O homem que fazia chover

Pub-CF