Banco Borges & Irmão

Numa altura em que os Bancos continuam a ser notícia, quase sempre pelas piores razões, salta-nos à memória outros tempos e outros nomes da banca portuguesa, como é o caso do Banco Borges & Irmão, invariavelmente desaparecidos porque integrados ou mesmo engolidos por outros grupos ou estruturas financeiras. Dos nomes que tínhamos como sólidas instituições nos anos 60 e 70, poucos mantiveram a identidade, como o caso a Caixa Geral de Depósitos. Outros tidos como fortalezas de segurança e confiança deram no que deram como o caso bem recente do Banco Espírito Santo.
Neste contexto, os cartazes publicitários de Bancos de outros tempos ganham hoje uma nostalgia diferente, não só pelo tempo passado mas pelo significado que transmitem, como é o caso do cartaz abaixo, do Banco Borges & Irmão, publicado em 1974.


- Tópico relacionado: Banco Fonsecas & Burnay

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Una, duna, tena, catena...

Revista Novela Filme - O homem que fazia chover

A Comunhão Solene ou Profissão de Fé

Pub-CF