Nacet - Lâminas de barbear

 


Convenhamos que as lâminas de barbear, das mais simples e baratas às mais caras e sofisticadas, das descartáveis às recarregáveis, continuam a ser um produto necessário ao dia-a-dia dos homens e como tal não perde a sua actualidade. 

Quanto a marcas, são várias, dependendo dos países, mas continuam a dar cartas de forma global a Gillette, de que já falamos aqui, ou mesmo a Schick.

Hoje trazemos à memória as clássicas lâminas da marca Nacet, originalmente de marca própria produzida na Inglaterra e posteriormente adquirida pela Gillette, em data que não conseguimos apurar. A marca terá sido descontinuada pela Gillete mas, certamente que por cedência de direitos, ainda se produzem, fabricadas na Rússia, em S. Petersburgo, e ainda em países asiáticos. 

Do que ressalta do grafismo desta emblemática marca, é a imagem do crocodilo sendo cortado a meio pela lâmina, no que hoje em dia será politicamente incorrecto, mas até que se levantem vozes de virgens ofendidas ou chocadas, o crocodilo lá continua a ser atravessado pela lâmina. Versões há, que para além do crocodilo surgem elefantes e mesmo rinocerontes a ser segmentados pelo "poder" da fina lâmina de aço.

Pessoalmente já usei Nacet por então as considerar semelhantes ou mesmo superiores às da Wilkinson e Schick e bem mais baratas, mas a partir de determinada altura fui deixando de usar a troco das práticas e descartáveis e actualmente vou usando Gillette Blue III em que cada uma delas dá para várias sessões. Quanto às Nacet ou mesmo Wilkinson, ainda uso mas apenas para aparar as patilhas. Por isso uma embalagem dá para anos.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Revista GINA

A Comunhão Solene ou Profissão de Fé

Una, duna, tena, catena...

Pub-CF